Donato Talassi Jr., Químico Industrial
  • Químico Industrial

Donato Talassi Jr.

Capivari (SP)
12seguidores2seguindo
Entrar em contato

Comentários

(1.591)

Recomendações

(820)
Isa Bel, Advogado
Isa Bel
Comentário · há 14 dias
Donald está certíssimo. Na hora crucial em que um indivíduo resolve cometer um crime, ele consegue fazer uma análise rápida da relação custo x benefício: é sabido por todos que apenas, e enfatizo aqui APENAS 8% dos crimes chegam à apuração e processo. Bom, os números são muitos tentadores para que se a empreitada seja atentada, afinal, as chances de se livrar são muito promissoras: 92%. Posto isso, continuando a rápida análise, ah, a bendita legislação penal e constitucional brasileira em ação: ng pode passar mais de 30 anos presos e não importa o quão lazarento, perigoso, maldito e nocivo ele seja. Raríssmos chegaram a tanto tempo. A média por assassinato? 8 anos. E nesse ínterim pode transar, pode passear em ocasiões, podem até fugir em uma das tais saidinhas ressocializadoras para cometer mais crimes, o que de fato muitos fazem. Novamente, um bônus ao decidir se tirará a vida de alguém pq é vagabundo demais para trabalhar honestamente, ou pq não quere pagar pensão, ou pelo motivo que seja. Veja bem, o ser humano é compelido pelos incentivos e, vamos combinar que no quesito legislação penal e constitucional, os incentivos em favor do crime são muito promissores. Agora, por óbvio a sociedade se sente traída, abandonada, relegada à própria sorte, pq o Estado lhe tirou o direito de vingança (entendida aqui como justiça), mal apura os crimes e quando o faz, não pune adequadamente os perpretadores. E, o mais engraçado, é que essas sociedade revoltada por ver seus direitos pisados, é chamada por 'juristas' de leiga, imbecil, analfabeta, como se não tivesse o direito e dever de exigir mudanças. E quanto a premissa q só os pobrinhos, coitadinhos são presos, ah, por favor. A resposta é simples: quantos pobres, favelados, pessoas com vidas dificílimas acordam cedo e trabalham muito para sustentar a elas e famílias sem nunca terem entrado para a vida de crimes, pq têm algo essencial que falta aos que estão presos: caráter. Delinquir não é culpa do meio, é culpa de algo que vem de dentro do delinquente - caráter ou sua falta, do contrário, para justificar a tese do produto do meio, coitadinho social, vítima da sociedade malvada, todo pobre seria bandido e nenhum rico jamais o seria. Lógica pura.

Perfis que segue

(2)
Carregando

Seguidores

(12)
Carregando

Tópicos de interesse

(4)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros perfis como Donato

Carregando

Donato Talassi Jr.

Entrar em contato